Facebook Pixel

Conteúdo marcado com a tag Redes Sociais

Flavio Paulino

Influenciadores Digitais estão dominando o esporte de rua em São Paulo

Influenciadores Digitais estão dominando o esporte de rua em São Paulo

Nosso CEO grabou mais um vídeo para o seo meu canal, mostrando o grupo de corrida voltada à comunidade GAY que a adidas apóia. As comunidades de corrida e esportes ao ar livre tem dominado São Paulo e atraído cada vez mais jovens e adeptos ao lifestyle "wellness".

O que era discreto há pouco tempo tem recebido Influenciadores Digitais de peso para ampliar as vozes do esporte, como a Káfera por exemplo, que participou do treino especial do Dia das Mulheres e já convocou sua audiência a participar dos treinos gratuitos. A Nike chegou primeiro com o NRC - Nike Training Club, a Puma apoiando a comunidade Outra Fé, do Influenciador Poldo Longo, e já vemos a Under Armor apoiar a comunidade de treino funcional e corrida, Chama que Vem e outros influenciadores. Aos poucos as marcas esportivas tem transferido o que a Pugliesi antes fazia sozinha em suas redes, para as ruas. Até a Pugliesi aos poucos começou a correr recentemente com a assessoria esportiva MPR apoiada pela Adidas e em breve poderá ser vista fazendo parte dos Adidas Runners, uma comunidade de corredores e de apoio a comunidades de corridas.

A Adidas apoia grupos diferentes de corredores para que todos se sintam à vontade, tem os Gays no Unicorns, os Negros no Project Run, as mulheres no Elas que voam e outras comunidades mais. É lindo! #boracorrersp #adidasrunners

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { ...



Leia!

Flavio Paulino

Fake Celebrities, como ganhar seguidores e fazer recebidos que não tem no Brasil

Fake Celebrities, como ganhar seguidores e fazer recebidos que não tem no Brasil

Uma colega Youtuber hoje cedo compartilhou um texto/manifesto em um grupo de uma grande marca que fazemos parte no Whatsapp com a seguinte mensagem: "Gente, provavelmente algumas pessoas não vão gostar dessa mensagem, mas eu ando muito incomodada com pessoas fakes no instagram e gostaria de compartilhar com vocês. (...). Do que vale um like, se nao for de alguém que achou foda o que vc falou? Melhor 2000 likes fakes ou 1 de verdade? Eu sempre fui do 1 de verdade.

Vamos repensar, o pq estamos fazendo isso? Vamos pensar que marcas podem ver os números e ficarem impressionadas e ai um perfil com números fakes pode estar pegando o lugar de verdadeiros? (...)". Resolvi escrever um artigo e compartilhar com vocês aqui no LinkedIn, afinal, tem muitos profissionais do mercado contratando perfis FAKES para suas campanhas.


Ter números é bem fácil, existem diversos sites onde podemos comprar seguidores “reais” e “brasileiros”. Seguidores reais ou fakes são a mesma coisa. Estão lá porque foram colocados sem nem entender o assunto que o perfil fala. Comprar seguidores REAIS e BRASILEIROS é só mais um jeito de tentar ENGANAR as marcas e empresas que batalham para ter seus produtos conhecidos e recomendados por pessoas REAIS que utilizam e compartilham porque se identificam com eles.


No GramLikes - gramlikes.com.br por exemplo é possível virar uma FAKE CELEBRITY por apenas R$ 299,90. Com isso seu perfil no Instagram já terá 10k seguidores. O primeiro passo para ...



Leia!

Flavio Paulino

5 erros que você provavelmente comete ao anunciar no Facebook

Flavio Paulino 20 de Julho de 2015 Social Media
5 erros que você provavelmente comete ao anunciar no Facebook

Que o Facebook é uma das redes sociais mais influentes do mundo nós já sabemos, e o que isso significa de fato? O potencial para gerar negócios que o Facebook possui faz com que diariamente empresas dos mais variados segmentos disputem a atenção dos consumidores. O alcance orgânico ficou cada vez mais limitado e hoje o investimento em Facebook Ads é indispensável para as empresas que desejam ter resultados por lá. A alta demanda pelo interesse dos usuários resultou na comercialização de anúncios dentro da rede.

Ter uma campanha relevante no Facebook Ads também é um desafio para as empresas, afinal, a concorrência entre os anúncios é grande. Alguns erros podem comprometer totalmente os resultados da sua campanha e, para evitar que você cometa esses deslizes, separamos os principais erros cometidos no momento de anunciar no Facebook. Confira:

Ignorar o planejamento

O planejamento será o ponto de partida para uma campanha bem-sucedida. Nele você definirá quais são os seus objetivos com o investimento, quais os melhores formatos de anúncio para alcançá-los, quem é o seu público alvo, quem são os seus concorrentes para realizar um benchmarking (referência para novas ideias), definir metas e métricas que serão importantes para medir o retorno sobre o investimento. Essas informações são valiosas e, por isso, é importante organizá-las antes de começar a anunciar.

Esquecer dos elementos do seu anúncio

Evidentemente, para que um anúncio alcance com eficiência o seu público no Facebook, é necessário que ele seja relevante. Contudo, é fundamental considerar alguns elementos que podem fazer a diferença ...



Leia!

Flavio Paulino

Divulgar empresas e produtos no Facebook é inútil, diz estudo

Divulgar empresas e produtos no Facebook é inútil, diz estudo

Para muitas empresas, por menor que seja o retorno através das postagens no Facebook ou outras redes ainda é importante. E a opção de criar anúncios dentro do Facebook estará sempre disponível.

Divulgar marcas, produtos e serviços pelo Facebook e outras redes sociais, como Twitter e Instagram foi um bom negócio para muitas empresas durante os últimos anos. Um estudo feito pela empresa de análise de mercado Forrester Research, mostra que está já não é uma realidade.

O que muita gente já sabe, é que o Facebook vem diminuindo cada vez mais o alcance orgânico dos posts (alcance gratuíto) - se você já sabe, pode pular para o próximo parágrafo, vou dar uma breve explicação. Quando uma empresa possui uma página no Facebook, as pessoas podem curtir/seguir as páginas, e antigamente se 20.000 pessoas curtissem a página, este conteúdo era exibido para um número significativo, hoje, em média atinge apenas 2%, ou seja. Uma página que trabalhou durante alguns meses para conquistar 20.000 fãs, atingirá apenas 400 pessoas com suas publicações - e para aumentar este alcançe, é preciso aumentar cada vez mais o investimento em anúncios dentro da rede.

E o Facebook divulgou há poucos meses que este número cairá ainda mais (Veja ...



Leia!