Facebook Pixel

Idéias, o blog de Marketing Digital da Tribeca

Flavio Paulino há 3 semanas Planejamento

Como ter uma estratégia completa de Marketing Digital

Quando se fala em estratégia em marketing digital, você sabe muito bem o que deve ser feito, certo? Desenvolver o seu site, criar um blog, produzir conteúdo e compartilhá-lo nas redes sociais. Bom, até aí tudo bem. Mas e se eu te contasse que essa é só uma parte da história? Que existem muito mais coisas a serem feitas e que, caso você se limite apenas a isso, há grandes chances do seu concorrente estar obtendo melhores resultados que você?

Se você ficou um pouco preocupado com o que eu disse, pode ser que estejam faltando elementos extremamente importantes em sua estratégia para fazer com que ela dê resultados. Mas a boa notícia é que todos eles serão explicados agora. Confira!

Quem não sabe aonde quer chegar, não chega a lugar nenhum

A ideia aqui é muito simples e óbvia: sem um objetivo definido, como você saberá qual é a melhor ação a ser feita para atingi-lo? Mas tudo bem, vamos imaginar que você tenha definido que deseja aumentar o número de leads geradas. Agora é preciso estabelecer meios de saber se ele foi atingido, e a melhor forma de se fazer isso é estabelecendo KPI’s. O Key Performance Indicator, ou indicador-chave de performance, é uma métrica que está diretamente associada ao objetivo escolhido por você, e que precisa ter as seguintes características:

  • Ser importante, com relevância e impacto direto no objetivo;
  • Ser facilmente compreensível, sem coisas muito complexas. Seu KPI deve ser claro e de fácil entendimento, para que possa compartilhar com todos no seu time;
  • Ser facilmente mensurável, para que você seja capaz de obter e medir os dados de seu KPI, facilitando a análise desses dados;
  • Ser capaz de levar a uma ação positiva. Após analisar o seu KPI, você deve ser capaz de tomar alguma decisão para auxiliá-lo a atingir seu objetivo.

Dentre os diversos KPI’s, podemos citar 3 deles que certamente vale a pena acompanhar:

  • ROI (retorno sobre investimento): Esta métrica mostrará se você está gastando o seu dinheiro de forma inteligente ou não, indicando qual foi o retorno obtido com o esforço de marketing realizado. Para calculá-lo, basta subtrair o custo total do investimento do lucro obtido e dividi-lo novamente pelo custo total do investimento.
  • CAC (custo de aquisição de clientes): O nome já diz tudo: essa métrica indica o quanto sua empresa gasta para adquirir cada novo cliente. Para obtê-la, basta somar todos os seus gastos em marketing e vendas em um período específico e dividir pelo número de clientes obtidos neste exato período.
  • Número de visitantes únicos: Acompanhar essa métrica é essencial não só para saber o crescimento do seu site/blog, mas também o sucesso da sua estratégia como um todo. Para fazer isso, é só dar uma olhadinha em seu Google Analytics.

Saiba com quem você está falando

Pergunte para qualquer profissional de marketing sobre a definição de bom conteúdo e certamente ele dirá: “É o conteúdo criado para o público certo, na hora certa!”. Mas como saber qual conteúdo é relevante para seu público e em que momento ele precisará daquele conteúdo? A resposta para todas essas perguntas é: Criando Buyer Personas.

Personas são, por definição, personagens fictícios que representam o seu público ideal. A partir das características da sua persona, você consegue entender melhor quais são as principais dores e necessidades dos seus clientes e, então, produzir conteúdo para saná-las, ajudando-os a seguir em frente na jornada do cliente. Portanto, busque o máximo de informação possível para desenvolvê-la, entrevistando seu público, clientes e seu próprio time de vendas.

Faça seu conteúdo ser visto

Para que sua estratégia de marketing de certo, é preciso que seu conteúdo seja visto pelo maior número possível de pessoas. Afinal de contas, foi para isso que você o produziu. Mas sinto dizer que não basta apenas publicá-lo, é preciso promovê-lo. No marketing digital, tudo que é feito ao acaso não gera resultados. Por isso, antes de começar a promover, se faça estas três perguntas:

Onde meu público está?

Leve em conta suas personas, escolha as redes sociais onde o seu público realmente está e concentre seus esforços nelas. Se sua audiência é composta de adolescentes e estão interessados em design, é mais fácil encontrá-los no Pinterest e Instagran que no LinkedIN, por exemplo.

Quais são os horários em que ele procura por conteúdo?

Busque postar seus conteúdos nos horários em que há mais chances do seu público vê-lo.

Quais são seus principais interesses?

Pense de que maneira você chamará a atenção do seu público para o seu conteúdo.

E não se esqueça de publicar seu conteúdo em dias diferentes e em horários diferentes em todas as redes sociais que participar. Uma ótima ideia é compartilhar o seu conteúdo ao menos 3 vezes, em datas e horários diferentes.

Torne seu conteúdo fácil de ser encontrado

Atualmente, quando alguém quer mais informações sobre algo, ela usa uma ferramenta de busca. Isso faz com que seja indispensável que seu blog ou site esteja nas primeiras páginas dos grandes buscadores.

Por isso, é muito importante que você otimize seus conteúdos para que eles sejam facilmente encontrados. Para isso, existem diversas técnicas de SEO (Search engine optimization, ou otimização para sites de busca). Confira as mais importantes:

Fatores On Page

  • Defina palavras-chave para cada conteúdo;
  • Crie URL’s amigáveis;
  • Escreva uma boa title tag e meta description;
  • Respeite a hierarquia do conteúdo (H1, H2, H3...);
  • Insira nome e alt text de imagens;
  • Realize linkagem interna.

Fatores Off Page

  • Faça Link Building;
  • Seja mencionado em outros blogs e páginas nas redes sociais.

Invista em sua estratégia de marketing digital

A verdade é que, mesmo utilizando as mais diversas técnicas de otimização de conteúdo, rá levará um certo tempo até que o buscador o indexe. Até lá, uma boa saída pode ser direcionar uma parte do seu orçamento para o Google Adwords, a plataforma de anúncios do Google. A maior vantagem disso é que, quando a campanha é bem-feita, os resultados selecionados estão diretamente ligados com a busca do usuário, fazendo com que diferentes usuários vejam diferentes anúncios.

Aprimore sua estratégia

Até agora, você viu que existem muito mais coisas a serem feitas em sua estratégia de marketing digital do que simplesmente ter um site e estar presente nas redes sociais. Mas, independentemente de como você decida estruturá-la, a única coisa que nunca muda é que você deve constantemente acompanhar seus resultados, analisá-los e aprender o que deu certo e o que deu errado para poder melhorar sempre.

Desenvolver e colocar uma estratégia completa em prática certamente exigirá bastante esforço e dedicação. Uma boa ideia é contar com uma empresa especializada para ajudá-lo a desenhar e executar a sua estratégia — esse investimento certamente garantirá ótimos resultados para o seu negócio!

Ainda tem alguma dúvida sobre como montar sua estratégia de marketing digital ou alguma outra dica para acrescentar? É só deixar seu comentário!